ESTADO? PERMANENTEMENTE MOLHADA!

Sem mais delongas, é incrível perceber o poder da excitação que podemos causar no outro com um simples olhar, foto ou palavra.

Não precisamos estar fisicamente juntos para aproveitarmos o gozo que o outro desperta.

Eu aqui com meu pensamento voltado para ele enquanto tomo meu banho quente.

Sei que ele já gozou pra mim. Uma, duas, três ou mais vezes.

Sei que ele vê minhas fotos e se imagina dentro de mim quando escrevo.

Eu gosto disso.

Gostei de saber que tenho esse poder de ser desejada por vários estando em apenas um lugar.

Saindo do banho, começo a esquentar novamente. Minha boceta clama pelo toque. Ela está encharcada de tesão. Como sempre.

Começo a passar o creme e dou uma dedicação especial ao meu corpo. Meus pés são os primeiros a serem cuidados. Imagino que ele gostaria de beijá-los, então fecho os olhos e percorro mentalmente o caminho perfeito pra mim.

Vou subindo pelas panturrilhas e sei que ali, tenho um ponto fraco, que adoraria receber mordidinhas. Dos joelhos passo para as pernas e quando chego perto da boceta, me contorço para não tocá-la ainda. Passo para minha barriga e meus seios.

Queria que ele pudesse ver o quão excitada estou. Ele lá, trabalhando e eu aqui, pensando em como gostaria que ele estivesse me lambendo e percorrendo a barba por todo esse caminho que minhas mãos fazem.

Chego na boeta que já está pulsando de tesão. Com movimentos rápidos e leves, vou me esfregando e imaginando ele ali comigo. Imagino ele me lambendo enquanto filmamos para depois outros compartilharem a nossa putaria.

Gozo uma vez.

Volto a imaginá-lo me vendo contorcer e revirar meus olhos e continuo me tocando.

Sinto que vou gozar novamente.

Essa sensação de que posso continuar assim infinitamente só aumenta mais ainda meu desejo.

Ainda insisto em mais uma e o resultado é minha cama molhada.

Com as pernas bambas, deito na cama e tiro uma foto.

Ele vai recebê-la.

E eu espero ansiosamente pelo horário em que vamos concretizar tudo que meu pensamento me permite fazer.