MEU CLITÓRIS MANDOU DIZER QUE TÁ COM SAUDADE DOS TEUS DEDOS.

Fecho os olhos, mordo a boca, buceta molha e o pensamento volta à noite de ontem.

Gosto de sentir seu p*u babado, de ver a língua passar pelos seus lábios da forma imperceptível mas hipnotizadora que faz.

Gosto de te ver me vendo. De ver seu delírio quando passo a língua só na cabecinha e enquanto minhas mãos continuam batendo uma pra você. 
Gosto quando cê me coloca de costas no sofá e vai descendo sem pressa pelo meu corpo. Abocanhando meu peito, lambendo minha cintura, apertando minhas pernas e beijando minha barriga. Me dá um tesão louco quando você me chupa. Quando sinto você enfiando esses dedos em mim e te pego olhando qual será minha reação. 
Não dá pra pensar sem me contorcer. Não consigo não cruzar as pernas quando lembro de te sentir em mim. Entrando da melhor maneira possível. Adoro quando minha buceta engole teu pau. Todo ele.

Sentada eu vou delirando no meu mundo de prazer. Eu te olho e vejo que continua com a melhor cara de tesão enquanto eu alterno entre meter forte e rebolar. 
Não me canso de suar com você. De levar seus tapas na bunda e sair vermelha e descabelada de um jeito que eu quero ficar todo dia.

Amanhã tem mais e eu não vejo a hora de recomeçar. E gozar. Quantas vezes conseguir.