#AnaBeiseMeLambe

Eu quero um pouco de teu colo

Quero me molhar com tua saliva

Ver os teus olhos brilhando.

Quero teu braço forte

Em volta do meu corpo

Quero tuas mãos nos meus seios

E tua boca na minha

Quero uma noite bem longa.

Eu quero o teu corpo em cima do meu

Bem forteBem lento.

Eu quero sentir o teu cheiro

Tua língua no meu pescoço

E teus olhos nas minhas pernas.

Quero uma cama macia

Um som agradável

E um vinho semi gelado.

Eu quero te ouvir gemer

E te ver virar os olhos de prazer.

Eu quero é te enlouquecer!

Não importa

Se você tem cara

De má ou de beata

Um dia

A terra

Te come.

Fecho os olhos

Imaginando tua boca

Entreaberta

Esperando meu seio

Acomodar-se entre teus lábios
.

Fecho os olhos

Imaginando tuas mãos

Me apertando as ancas

Enquanto cavalgo

Lentamente em ti
.

Fecho os olhos

Imaginando meu tremor

Ao te sentir

Explodir de prazer

Dentro de mim.

Não é por nada não

Mas eu me contento

Em só ficar aqui sentada

Te observando tirar a roupa

Que o ponto alto do meu dia

É ver o teu corpo nú

E tentar disfarçar a minha cara de alegria.

Não consigo tirar

Teu cheiro da minha pele

Minha mente

Não consegue te esquecer

E minhas mãos não me obedecem

Quando penso em você.

Ele sabe falar bonito

Cita poetas

E compositores

Cantarola

E beija muito bem .

Mas nada disso

É o melhor

Que ele sabe

Fazer com a boca.

enquanto me visto

só penso

em te despir.

me demoro, devaneando, sobre as possíveis formas de te devorar.assumo que acabo por me consumir em pensamentos lascivos, que invadem as horas ociosas, dominando o controle que eu deveria ter sobre a quantidade de tempo que uso imaginando o teu corpo junto ao meu.

aquele frio

que passa pela barriga

ao se lembrar de um beijo 

chama-se desejo 

desejo de estar perto da boca

 que originou a memória a ser lembrada 

agora aquele arrepio 

que percorre a espinha 

ouriçando lentamente todos os pelos do corpo 

quando essa lembrança é revisitada 

chama-se vontade 

vontade de fazer com o dono daquela boca 

movimentos impróprios para o horário 

e inapropriados para menores de dezoito anos.

quando vejo

teu vai e vem

só penso no nosso vai e vem

que não vai

nem volta

É você quem vejo

Quando fecho os olhos

É você quem busco

Olhando a multidão

É você quem espero

Em madrugadas sem fim

É você quem quero

Dentro de mim.

Vou tirar a roupa dele

Com a boca

Peça

Por

Peça